Acamps Ouro Preto – ABR15

Visualizando 5 posts - 31 até 35 (de 35 do total)
  • Autor
    Posts
  • #64170
    Andre Conrado
    Participante

    Pois é Alexandre, o olhar sobre o Brasil monárquico explica muita coisa sobre as tensões que vivenciamos hoje. Eu faço bastante uso destas temáticas pois no meu exercício profissional desenvolvo pesquisas na área de imagem, memória e sociedade e também leciono fotografia. Enfim, o problema do nosso Brasil se traduz em um desinteresse por nossa história, em síntese, um olhar crítico sobre a construção da história oficial. Pois bem, com relação a carreta é bem interessante, mas me parece que não se fabrica mais. Estou certo? Como falei na apresentação já tivemos um trailer e na época puxávamos com um Voyage 1.6. Mas, a minha esposa tem uma verdadeira aversão a puxar algo no carro. rsrrsr ( os famosos pêndulos ) ficamos 2 anos com ele e passamos para frente. Você ainda tem a sua ou já fez um up? Nesse final de semana, vamos testar a nova barraca. Obs. Com relação ao Luz , já andei dando uma olhada nos relatos dele. Super. Abraço

    #64172
    André Conrado wrote:
    Pois é Alexandre, o olhar sobre o Brasil monárquico explica muita coisa sobre as tensões que vivenciamos hoje. Eu faço bastante uso destas temáticas pois no meu exercício profissional desenvolvo pesquisas na área de imagem, memória e sociedade e também leciono fotografia. Enfim, o problema do nosso Brasil se traduz em um desinteresse por nossa história, em síntese, um olhar crítico sobre a construção da história oficial.

    Perfeita análise, traduz bem o chavão: “Povo que não conhece sua história está condenado a repeti-la” ou ainda “Povo que não sabe de onde veio não sabe pra onde vai”…

    André Conrado wrote:
    Pois bem, com relação a carreta é bem interessante, mas me parece que não se fabrica mais. Estou certo? Como falei na apresentação já tivemos um trailer e na época puxávamos com um Voyage 1.6. Mas, a minha esposa tem uma verdadeira aversão a puxar algo no carro. rsrrsr ( os famosos pêndulos ) ficamos 2 anos com ele e passamos para frente. Você ainda tem a sua ou já fez um up?

    Na verdade fabrica sim André, porém atualmente comprar 0km não tem sido missão agradável fruto do péssimo pós-venda experimentado por colegas. A nossa arrematamos em 2010, é ano 98 e estava pouco rodada, daí só fizemos uns ajustes e reparos pra atender nosso conforto (redução avancê, piso, frigo, etc). Sem intuito de aguçar, mas estas carretinhas são facilmente puxadas, desde que respeitados os limites de carga do reboque, fora isso é alegria e diversão…na estrada tem horas que esqueço ter algo atrás tamanho é o silêncio e a suavidade…então, aqui em casa nutrimos a chama do barraquismo, por isso mesclamos sempre nossos acamps, oras de kabana, oras de iglu, entendemos como a essência do campismo e muito nos agrada…a curto prazo sem pretensões de mudanças…

    André Conrado wrote:
    Nesse final de semana, vamos testar a nova barraca. Obs. Com relação ao Luz , já andei dando uma olhada nos relatos dele. Super. Abraço

    Opa, maravilha de notícia, tire muitas fotos e traga pra apreciarmos… Abração amigo!

    #64177
    Andre Conrado
    Participante

    Valeu, Alexandre. Com relação a BARRACA estou nos preparativos. Amanhã posto umas fotos da preparação. Já fiz o piso para o gazebo seguindo as dicas do Perrone e amanhã vou cortar o da barraca e fazer a costura. E vamos que vamos. Abraço

    #64272
    Portuga
    Participante

    Caro Alexandre, este seu relato é maravilhoso. Passei a ser fã. Fico bem feliz de conhecer pessoas que conhecem e respeitam a sua história. Tenho escutado e lido tanta asneira aqui no Brasil em relação ao passado conjunto com Portugal, que chego à conclusão que a “história” que ensinam nas escolas só pode ser uma anedota. Mas infelizmente lá em Portugal também conheço muitos casos de jovens completamente alheios à história do país, acho que é global a decadência do ensino e o desinteresse pelo conhecimento do passado. Eu acho que isso tem interesses políticos por detrás, mas não vamos entrar por aí… Abraço!

    #64277
    Caro Alexandre, este seu relato é maravilhoso. Passei a ser fã. Fico bem feliz de conhecer pessoas que conhecem e respeitam a sua história. Tenho escutado e lido tanta asneira aqui no Brasil em relação ao passado conjunto com Portugal, que chego à conclusão que a “história” que ensinam nas escolas só pode ser uma anedota. Mas infelizmente lá em Portugal também conheço muitos casos de jovens completamente alheios à história do país, acho que é global a decadência do ensino e o desinteresse pelo conhecimento do passado. Eu acho que isso tem interesses políticos por detrás, mas não vamos entrar por aí… Abraço!

    Valeu Portuga! Bruno, infelizmente as pessoas tomam como verdade absoluta aquilo que aprendem nas escolas (por regra até deveria ser assim), mas aqui no BR há um fenômeno deprimente que é a história contada de um lado (não é ciência exata, carece de confrontos) e o pior de tudo – ai que mora o perigo – é a “imparcialidade” (entre aspas mesmo) dos magistérios (sem generalizar pra não polemizar) que são tendenciosos em apresentar aos alunos aquilo dos quais são partidários. É triste… Feliz fiquei eu de encontrar do outro lado do Atlântico um cabra que curte tanto ou mais aventuras como essa, certo que ainda vamos esbarrar nos campings da vida. Conte com a turma aqui do MaCamp que é fera em ajudar e divulgue sempre suas viagens, isso fomenta o campismo, o turismo e a família. Antigamente o CCB usava aquela máxima: “Família que acampa unida permanece unida”. Abração nobre!

Visualizando 5 posts - 31 até 35 (de 35 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CLASSIFICADOS: