Usar ou não o alternador do carro?

Este tópico contém respostas, possui 23 vozes e foi atualizado pela última vez por  ddtavares 1 mês, 2 semanas atrás.

Visualizando 8 posts - 61 até 68 (de 68 do total)
  • Autor
    Posts
  • #100982 Resposta

    ddtavares
    Participante

    Prezados,

    Primeiramente, desculpem-me por ressuscitar o tópico. Se isso for contra as regras do fórum, abro outro.

    Além disso, muito obrigado a todos pelas informações. Sou mineiro, mas moro em Brasília, e não vejo a hora de conseguir fazer minha casa móvel. Há anos venho lendo o fórum e estou começando a botar no papel as ideias para construir um camper. Depois que mostrei as fotos dos equipamentos da Tischer para a patroa, consegui convencê-la da ideia e o projeto pode se destravar (rs). Os relatos de todos e, principalmente, o passo a passo do Edin com o Cavinete foram muito esclarecedores.

    Quanto ao assunto em si, pelo que pude entender, a estrutura de um sistema elétrico com gerador e painel solares seria mais ou menos a da figura abaixo, correto? Se o esquema estiver correto, minhas dúvidas são:

    1 – existe um equipamento capaz de identificar as fontes de energia disponível (rede, gerador, alternador e placas solares) e automaticamente selecionar alguma delas?

    2 – é necessário ter dois carregadores de bateria (um para rede/gerador e outro para os painéis solares), não seria mais econômico ter um só?

    3 – considerando que geradores inverter silenciados são caros demais (o Honda de 2KVA está por volta de R$ 7 mil), para uma situação de falta de rede externa, não seria mais econômico ter um conjunto de baterias mais robusto, carregar as baterias a partir do alternador da picape diesel e rodar o ar condicionado (veja-se o novo Wind Free da Samsung com consumo anunciado de 700w para 9 mil BTU) a partir das baterias?

    Abraços,
    Danilo

    #100984 Resposta

    Olá Danilo. Ao contrario, o forum é exatamente para sempre podermos resgatar os tópicos e manter em discussão e atualizacao.

    Seja bem vindo e torcemos pelos seus objetivos.

    1 – existe um equipamento capaz de identificar as fontes de energia disponível (rede, gerador, alternador e placas solares) e automaticamente selecionar alguma delas?

    PArticularmente não sei dizer, mas se tiver acho que deve ser caro. Aguardemos as opiniões de outros foristas.

    2 – é necessário ter dois carregadores de bateria (um para rede/gerador e outro para os painéis solares), não seria mais econômico ter um só?

    Nao entendi. O gerador possui saída 12V pra essa carga, assim como o sistema solar também. Por último seria legal ter um carregador inteligente para quando estiver na tomada do camping.

    3 – considerando que geradores inverter silenciados são caros demais (o Honda de 2KVA está por volta de R$ 7 mil), para uma situação de falta de rede externa, não seria mais econômico ter um conjunto de baterias mais robusto, carregar as baterias a partir do alternador da picape diesel e rodar o ar condicionado (veja-se o novo Wind Free da Samsung com consumo anunciado de 700w para 9 mil BTU) a partir das baterias?

    Acho ótima a pergunta. As vezes me questiono se um motor he carro ou caminhonete na marcha lenta não gasta menos combustível que um gerador, mesmo que pequeno. Isto sem falar no custo, espaço e no barulho que eles fazem. No meu trailer não tenho inversor. Tudo nele é 12V e só o ar condicionado é 110v. Aí penso que se eu instalar um inversor parrudo na caminhonete, seria mais “economico” tocar o ar condicionado do que ter um gerador tomando espaço (que nao tenho), fazendo barulho (sempre faz) e ainda gastando mais combustível que o carro ligado.

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #101461 Resposta
    Renato Fraga Natao
    Renato Fraga Natao
    Participante

    Olá amigos, esse tópico é antigo mas temos muitas duvidas atuais…

    Vou tecer minhas considerações:

    Não tem o porque ter algum utensílio eletrico num trailer que não seja 12V.
    Hoje em dia compra-se compressores para geladeiras e até mesmo para ar condicionado 12v, com consumo modesto de energia.
    Microondas é impossivel ter ele em 12v, e não é qualquer inversor que suporta ele. Entretanto é o equipamento mais dispensável num RV sob meu ponto de vista.

    Geladeira acho imprescindível estar ligada full time, principalmente durante os deslocamentos.
    Normalmente a maioria dos locais onde acampamos tem um terminal para energia eletrica.

    Diante disso, o reboque receber energia do alternador do carro é algo muito racional, mantém a bateria carregada durante o deslocamento e pode suprir a deficiência da bateria quando ela perder a carga se não houver uma fonte de energia por perto.

    MAs é necessário avaliar muito bem como isso deve ser feito, a começar pelas bitolas dos fios e principalmente a tomada que fará a ligação entre o carro e o reboque.

    Tomada

    Esse tipo de tomada é utilizado em empilhadeiras eletricas, suportam altissima amperagem, não permitem inversão de polaridade e permitem uma excelente condutividade nos polos.

    Outra questão abordada anteriormente, sobre a capacidade em amperes do alternador, entendam que o que carrega uma bateria não é a amperagem, mas sim a voltagem. Portanto, mesmo um alternado de 45 amperes carrega uma bateria com mais de 100 amperes…

    Finalizando um separador de baterias é fundamental para impedir que a bateria dos acessórios instalada lá no reboque roube energia da bateria instalada no carro. Este dispositivo deve estar em acordo com o alternador. Nunca usar um de 75 amperes num alternador de 90 amperes por exemplo.

    isolador

    #101462 Resposta

    Bacana sua opinião. Ar condicionado, apesar de ver alguns para barcos, nunca vi nenhum RV usando. Já microondas os americanos usam 12V. O problema do quesito geladeira está em as pessoas preferirem gastar numa 12V (o que acho mais racional) do que o custo menor de convencional+inversor.

    É uma briga grande…… mas a discussão é o melhor caminho para caminharmos rumo à solução definitiva.

    curti seu post

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #101469 Resposta
    Renato Fraga Natao
    Renato Fraga Natao
    Participante

    Show Marcos…

    Complemento dizendo que não precisa gastar 2 ou 3 mil reais para se ter uma geladeira 12v.

    Com 800 reais em média, compra-se um compressor 12v e instala ele em qualquer frigobar ou mesmo geladeira que o indivíduo já possua…

    #106590 Resposta

    ddtavares
    Participante

    Pessoal, estou tentando dimensionar o consumo de um ar condicionado inverter para eventualmente utiliza-lo a partir do banco de bateria.

    Nas minhas contas, um ar condicionado inverter de 9 mil BTUs que consome 700W em 220V demandaria 3,18 A.h (talvez 3,5). Numa noite de 8h, seriam uns 28A. Supondo que os demais aparelhos que precisariam ser alimentados num dia, consumiriam uns 60A, o consumo diário “off-grid” daria uns 88A. Correto?

    Considerando um limite de descarga de 20%, a capacidade do banco de baterias para funcionar sem prejudicar demais a vida útil das baterias seria de 440A (88/0,20).

    Minhas contas estão corretas?

    #106592 Resposta

    Infelizmente não…. seria um mundo ideal, mas as contas que vc está fazendo valem em A.H para sua voltagem aC, ou seja… 220V. No caso da sua bateria, seus 700W deverão ser divididos pela voltagem 12V para resultar em imensos 58,33A. esta será a amperagem que você descarregará de sua bateria por hora quando ligar seu ar condicionado…..

    É por isso que o ar condicionado é um equipamento que nem é considerado no sistema que depende das baterias…….. no caso da geladeira, aí sim serão de 3 a 6 ampéres x hora se ela for 12V….

    Já que estou aqui jogando um balde de água fria no que vc está almejando…. não posso me furtar a dizer que, sobre o sistema “inverter”, há pelo menos uma vez que ser considerado o “pico de partida”. Sim…. apesar do sistema “inverter” manter o compressor em baixa rotação enquanto o sistema convencional o desligaria e retoma a rotação gradativamente no momento da religação, o primeiro momento de ligar o aparelho existe o tal pico de partida……..

     

    Sobre a porcentagem do uso das baterias, o caso dos 20% que você está considerando é para as BATERIAS VEICULARES. Portanto, (uma notícia boa pelo menos) se você utilizar baterias estacionárias no RV (que são as adequadas para este tipo de aplicação), você poderá considerar a porcentagem de 80%….. Esta é a grande diferença entre baterias estacionárias e veiculares……. lembrando que baterias estacionárias nao podem ter grandes descargas simultaneas… por isso nao pode utilizá-la para dar a partida num motor.

    Saudações campistas!

    Marcos Pivari - CEO e Editor do MaCamp

    #106612 Resposta

    ddtavares
    Participante

    Oi, Marcos. Obrigado pela ajuda.

    Realmente esqueci que no inverter tem a transformação para 12v. De fato, fica impraticável.

    Mas se entendi bem, o limite de descarga não indica exatamente possibilidade, mas um referência para manter a vida útil. Ou seja, a estacionária até descarrega mais, mas fazendo isso continuamente, ela também perde vida útil. Pelo menos foi o que entendi dessa página: https://www.minhacasasolar.com.br/produto/bateria-estacionaria-220ah-moura-clean-12mf220-78829

    No mais, muito obrigado pela orientação. Aprendo muito com vcs

PARTICIPE DO FORUM PELO FORMULÁRIO ABAIXO.
Visualizando 8 posts - 61 até 68 (de 68 do total)
Responder a: Usar ou não o alternador do carro?

You can use BBCodes to format your content.
Your account can't use Advanced BBCodes, they will be stripped before saving.

Sua informação:




CLASSIFICADOS: