Além das características acima descritas e que são comuns na maioria das marcas de barracas, abaixo estão algumas “invenções” que fazem diferença, além de atender a muitos anseios antigos de campistas mais apaixonados.

MINI ACESSO PARA FIAÇAO:

Este é muito bem vindo, pois o fio de eletricidade para iluminação e outros equipamentos acabava tendo que ficar passando entre os dois zíperes da entrada da barraca o que atrapalhava no manuseio. A marca Coleman lançou este diferencial em alguns modelos.

ILUMINAÇÃO EMBUTIDA:

Peculiaridade da marca Quechua que lançou a barraca “ilumin” com luzes de Led distribuídas no interior da barraca com a fiação embutida na costura. Um case de pilhas alimenta o conjunto.

PORTA RÍGIDA:

Algo tão simples, mas demorou para aparecer. A porta rígida acaba sendo menos trabalhosa e mais rápida na abertura e fechamento. A rigidez da porta se dá pelo mesmo sistema de varetas arqueadas.

VARETAS COM REGULAGEM DE ALTURA:

A regulagem permite pequenas correções no piso irregular, garantindo simetria, tensão e impermeabilização.

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."