Extensão Elétrica
 
Você deve estar perguntando por que há um artigo falando sobre extensões elétricas. Pois este é um acessório muito importante na vida de um campista familiar. Não se trata apenas de um pedaço de fio a fim de se puxar uma tomada para dentro da barraca. Há muitos pontos importantes a serem considerados.

Primeiramente nunca utilize fios paralelos ou cabos simples. Aqueles fiozinhos duplos geralmente brancos podem ser um grande perigo para todos. Saiba que desde os anos 1970 a maior associação de campings do Brasil já proibia o uso destes fios entre os campistas. Eles possuem apenas um único capeamento que com o tempo pode ressecar e se partir deixando o fio metálico exposto. A torção característica destes fios também pode causar estes danos. Imagine só o estrago que você, uma criança ou animal pode sofrer caminhando descalço em um dia de chuva pisando em uma descarga de 220V.

Para proteger a todos no acampamento utilize os fios conhecidos como “CABO PP” ou “fio de geladeira”. Trata-se de um par (ou terno) de cabos elétricos encapados individualmente e que possuem um segundo recapeamento único que protege tanto das fissuras quanto das torções, já que possui maior resistência. Além disso são geralmente na cor preta o que impacta menos visualmente.

Agora que você sabe qual o tipo apropriado de fio adquirir é hora de saber qual a grossura do mesmo. Isto é imprescindível para a segurança. Se for utilizar apenas para iluminação e algum aparelho de TV, som ou carregadores parta dos cabos de 1,0mm² de secção. Caso pretenda usar aquecedores, secadores ou outros equipamentos mais potentes utilize cabos de 2,5mm² a 4,0mm². Este tipo de cabo PP costuma ser bem mais grosso do que os tradicionais devido ao duplo capeamento, mas é totalmente imprescindível.

Para os plugs de contatos, prefira os de formato de 90°. Assim a fiação ficará bem acomodada no poste do camping. Prepare-se para a renovação gradual das tomadas dos campings para a nova norma.

USO NO CAMPING

Evite estender o fio da maneira mais esticada. Procure passar o fio em locais que evitem tropeços de preferência em voltas quadráticas e não em uma simples linha reta da tomada até a sua barraca. Pegue seu rolo de extensão e parta da tomada do camping desenrolando-a até a barraca deixando a sobra de fio enrolada de forma oculta. Dê voltas na decida do poste até o chão para que o fio não fique com uma diagonal que possa causar enroscos. Distribua o fio de maneira inteligente buscando caminhos que possam evitar tropeços, como  canaletas e canteiros por exemplo. Por fim finque no mínimo dois espeques para a sua segurança: Um logo na chegada do fio do poste ao solo para que um possível tropeço não arrebente sua tomada e outro logo na chegada da barraca ou Trailer para que não dê um puxão em seus equipamentos.


No caso do uso em trailers, que possuem equipamentos ainda mais pesados, a preocupação com a bitola (grossura) da extensão deverá ser redobrada. Verifique constantemente se a fiação não está esquentando muito e este cuidado se estende aos barraquistas. Caso o fio esteja aquecendo significa que o mesmo está insuficiente para a carga que os equipamentos estão puxando e você deve desligar alguns ou então providenciar uma extensão mais grossa. Caso seja imprescindível a alimentação de tudo, “desmonte” a sobra de fio em forma de rolo e distribua no solo, já que aquela concentração excessiva poderá levar o aquecimento a níveis críticos e até incêndio.

Por mais que no seu caso seja normaticamente correto o uso de plugs e tomadas de 20A, nao deixe de levar um adaptador para 10A. Infelizmente é muito difícil um camping que disponha das tomadas mais grossas, inclusive em áreas de trailers e motor homes.

Desta maneira podemos contar com total segurança além de um visual legal no acampamento. E como um bom CAMPISTA DE ALMA este será mais um dos caprichos e curtições da montagem da tralha.

 

COMPARTILHAR
CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."