Todos que acompanham as dicas de campismo do MaCamp sabem que a marreta de borracha é fundamental para a tralha e que ela tem a função especial de cuidar dos espeques da barraca e de fincá-los de maneira efetiva e correta nos solos arenosos, de terra ou gramados mesmo com a presença de raízes e pedras. (Quem não viu, consulte as dicas de espeques).

Mas sacar a estaquinha do chão nem sempre é um trabalho fácil. Primeiro porque as vezes fica duro de sair e também porquê é um momento de desmontagem da barraca e não queremos enlamear as mãos e sujar os panos limpos da barraca. Para isto, há técnicas de sacar os espeques com outros espeques, com alicate ou com saca-espeques vendidos exatamente para este fim. Mas a dica que fica neste artigo é de se fazer um saca-espeques prático e barato acoplado na sua própria marreta de borracha.

Basta comprar um pequeno ganchinho metálico com base em rosca soberba de parafuso. No caso opte pelo maior modelo possível que seja compatível com o cabo da sua marreta. O que utilizamos nem foi dos melhores, sendo preferível os modelos prateados que possuem um corpo mais grosso e reforçado do que esses dourados. Faça um furo com furadeira ou com ferramenta pontiaguda. Se usar broca, lembre-se de utilizar uma muito mais fina do que a rosca do gancho, pois a ideia é que entre bem firmemente no cabo de madeira.

Simples, fácil e barato, seu saca-espeques estará sempre ao seu alcance e sem se perder no meio da bagunça. É só “pescar” a aba da estaquinha e puxá-la para cima fazendo movimentos de 1/4 de volta nos sentidos horário e anti-horário. Se o espeque estiver muito difícil de sair, continue repetindo estes movimentos colocando um pouquinho mais de força na vertical que logo se soltará. Será normal que o ganchinho também se movimente no sentido da rosca e é por isso que devemos manter os “quartos” de volta.

 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”