regras-bagageiro
 

Quem acampa sabe que tralha (conjunto de equipamentos e acessórios de camping) é algo que se auto dimensiona a medida que o espaço aumenta. Além disso, a vontade de curtir as modernidades e confortos que o mercado desenvolve para a atividade faz a gente sentir a necessidade de mais espaço ainda. No caso do campismo familiar, o transporte é fundamental e o carro é o meio o mais utilizado. O porta-malas acabou e aquele espacinho interno também já foi todo preenchido? Então é chegada a hora de usar o teto para levar mais tralha. Mas não é tudo ou qualquer tamanho que pode ser levado ali. Então vamos conhecer as regras.

No Brasil existem inúmeras leis e resoluções para veículos. Algumas delas se referem aos bagageiros, mas outras podem ser englobadas pelo efeito que ele ocasiona. Na prática temos a segurança dos motoristas em si, a da sua bagagem um menor grau de importância e por último o castigo final: ” A Multa”. Para um viajante, qualquer problema com guardas ou fiscalizações podem não somente gerar autuações, como também problemas que emperrem a continuidade da viagem.

EM TEMPO: O MaCamp fez um review de um modelo de bagageiro da Thule. Confira clicando aqui!

regras-gagageiro-lei-camping-macamp

VIA DE REGRA: Na prática a limitação está nas dimensões da carga sobre o teto do carro. Isto porquê em termos de fiscalização não haverá a pesagem do que estiver no bagageiro, portanto este quesito deverá ficar por conta da responsabilidade e da segurança do motorista. Antes de qualquer dúvida, a bicicleta é item de exceção à regra.

regras-gagageiro-lei-camping-macamp

LIMITE DE DIMENSÕES: A lei trata das dimensões por uma razão fundamental. O centro de gravidade do carro é importantíssimo para a sua dirigibilidade. Apesar de haver a necessidade da análise da legislação caso a caso [ via link ], há o limite definido da carga não passar de 50cm acima da linha de topo do carro (Y) . Também de que a carga não ultrapasse o comprimento da carroceria do veículo (Z) e sua largura não ultrapasse a largura DA PARTE SUPERIOR do carro. Ou seja, não são os retrovisores que serão levados em consideração e nem mesmo a largura inferior do carro.

regras-gagageiro-lei-camping-macamp-

PONTOS NEGATIVOS: Se a nossa capacidade de carregar coisas aumenta, algumas coisas acontecem em “prejuízo”. No caso dos bagageiros, temos maior atrito com o ar e por isso menor aerodinâmica, maior peso do carro todo e maior consumo de combustível. Além disso você passará a ter mais cuidado e atenção com as plaquinhas de limite de altura na entrada de estacionamentos, shoppings, mercados e etc.

BARRACAS DE TETO: Apesar de quando armadas, possuírem altura muito maior do que o permitido, quando recolhidas em trânsito nunca ultrapassam os 50cm. Vai tranquilo.

BICICLETAS: Por um motivo óbvio, dadas as circunstâncias da bicicleta ser um equipamento metálico, rígido, sem resistência ao vento e leve, se faz uma EXCEÇÃO na lei. Portanto ela pode sim ser transportada no teto, desde que bem fixada mesmo que ultrapassando os 50cm de altura máxima.

regras-gagageiro-lei-camping-macamp-4

MULTAS: Temos duas. De infração média com 5 pontos na CNH para quem ultrapassar as dimensões máximas e uma grave de 7 pontos para quem deixar alguma coisa se soltar e cair na pista.

DEMAIS FORMAS DE CARGA: A resolução trata também de outras formas de se carregar tralhas. Exemplos são o caso das caminhonetes e caçambas e também as cargas levadas na parte traseira dos carros de passeio. Mas isto ficará para um outro artigo…

regras-gagageiro-lei-camping-macamp-4Confira a lei na íntegra logo abaixo:

baixe a lei em PDF

 

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. "O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza."