A antiga Freguesia de Nossa Senhora das Necessidades é hoje um dos destinos turísticos mais imperdíveis da Ilha de Santa Catarina. Santo Antonio de Lisboa é fruto da colonização açoriana no século XVIII e funde sua posição geográfica e atividade pesqueira e de cultivo de frutos do mar com toda a tradição gastronômica portuguesa. A arquitetura histórica tombada, o sambaqui, os restaurantes, o comércio local, a igreja e toda a programação cultural reúnem um passeio obrigatório para quem visita Floripa.

Está localizada no noroeste da ilha há 15km do Centro no caminho para as praias do norte. A praia de águas calmas já serviu no passado como porto e também alfândega e além da vista para a Ponte Hercílio Luz e para o continente, oferece aos visitantes um lindo Pôr do Sol.

Baía norte | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Vista para a Ponte Hercílio Luz | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Vista da praia | Foto: José Augusto Nascimento
Barcos ao pôr do Sol| Foto: José Augusto Nascimento
O Folclórico Pôr do Sol de Santo Antônio de Lisboa| Foto: José Augusto Nascimento
Vista Geral | Foto: José Augusto Nascimento

As ruas estreitas resguardam a arquitetura açoriana, prédios históricos, praças e restaurantes típicos. É uma ótima chance para saborear um legítimo bacalhau ou experimentar as mais frescas ostras cultivadas ali mesmo na baía. Alguns restaurantes possuem áreas de mesas em decks montados na beira da praia.

Ruas e casario histórico | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Primeira rua calçada do Estado de SC de 1845 | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Lojas de artesanato | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp

A Igreja Nossa Senhora das Necessidades foi construída em 1757 e logo em frente acontece anualmente, desde antes de sua fundação, a festa do Divino Espírito Santo. Lá também se encontram lojinhas de artesanato imperdíveis. Não é incomum o acontecimentos de shows abertos principalmente de noite.

Igreja Nossa Senhora das Necessidades | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Igreja Nossa Senhora das Necessidades | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp

O Sambaqui também é principal atração. Antes da colonização viveram ali índios Guaranís que construíram santuários aos seus mortos enterrando seus ossos sob conchas calcárias dentre outros materiais orgânicos. Importantes riquezas geológicas, as fossilizações e petrificações tornam-se uma fonte riquíssima de estudo de nossos antepassados. O Sambaqui está um tantinho afastado de Santo Antonio de Lisboa, mas também concentra bares, restaurantes e outros pontos de interesse ao visitante. É possível rodear todo o sambaqui por uma trilha que garante uma linda vista para a baía norte de Floripa.

Área do Sambaqui | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Praia do Sambaqui | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Vista da baía | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp
Praia do Sambaqui | Foto: Paula/Marcos Pivari – MaCamp


 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”