Não são necessariamente os motor homes que estão restritos a transitar por São Paulo, porém  existe grande chance para serem multados. Por isso você proprietário deve ler atentamente a esta reportagem e cuidadosamente tomar suas devidas providências. Além do já conhecido rodízio onde qualquer carro ou caminhão não pode rodas dentro do chamado “centro expandido” de acordo com o dia da semana e o final de sua placa, também há restrições de circulação de CAMINHÕES na cidade de segunda a sexta. O problema para os caravanistas está na classificação do tipo de veículo e não o que ele consta no documento. As multas são dadas através de radares fotográficos.

Não somente motor homes podem estar nessa lista, como também trailers que sejam rebocados por veículos com mais de 3.500kg de PBT, como por exemplo uma F-250 CD 4×4. Neste caso ela é considerada caminhão e também entra na restrição.

Iniciou-se no mês de junho de 2008 uma séria restrição a caminhões dentro do chamado “centro expandido” da cidade de São Paulo. O problema para o CAMPISTA começa com dois fatores: 1- vários motor homes são definidos na documentação como “caminhão/motor-casa”. 2- Independente de não ser caminhão de carga, sabemos que nossas autoridades ignoram completamente um veículo de recreação.

Primeiramente, para quem não conhece, o chamado “centro-expandido” da cidade de são Paulo é um polígono formado pelas seguintes vias: Marginal Tietê, Marginal Pinheiros, Av. dos Bandeirantes, Av. Tancredo Neves, Av. das Juntas Provisórias e Av. Salim Faráh Maluf. Estas avenidas são as mais utilizadas por quem não é da cidade e está de passagem. Todas elas se interligam exatamente na ordem apresentada no texto e o interior do polígono formado por elas contém restrições de trânsito. Atualmente, esta área já é restrita pelo “rodízio municipal”, incluindo estas Avenidas, que não permite o trânsito de qualquer veículo nos horários de pico (das 7h à 10h e das 17h às 20h) de acordo com o final da placa (1 e 2 -2ª feira, 3 e 4 -3ª feira, 5 e 6 -4ª feira, 7 e 8 -5ª feira e 9 e 0 -6ª feira). Caminhões podem transitar no perímetro. Por questões de medidas paliativas, a prefeitura instituiu uma restrição de tráfego de caminhões de mais de 6m de comprimento DENTRO deste polígono, das 5h às 21h.

Diante deste fator, o site MaCamp entende que poderão aparecer problemas para os condutores de Motor Homes que transitarem no interior deste polígono durante o dia. Primeiramente, pois alguns veículos possuem em sua documentação a definição “caminhão/motor-casa” dentre outras. Estes, se forem multados, inicialmente de forma errônea já que mais se assemelham à ônibus, não poderão ganhar um recurso, já que a própria documentação os condena. Segundo, mesmo os que tiverem documentação como “utilitário” poderá ser multado por nossas autoridades incompetentes, tendo trabalho de entrar com recurso.

Por isso, você deve analisar bastante a sua documentação, as medidas de seu veículo, bem como sua “aparência”. Evitar cortar a cidade por dentro, além de não desrespeitar o rodízio municipal de placas que funciona de forma paralela e definitiva.

Atualmente, um caminhão de cargas pode, em um só dia, receber milhares de Reais em multas, além de chegar a 32 pontos na carteira (perdendo-a). Diante da grande inteligência por parte de nossos administradores e legisladores, vale a dica para não cair na grande “indústria” das multas da cidade de São Paulo.

SITE CET – LOCAIS COM RESTRIÇÃO DE CAMINHÃO

SITE CET – RODÍZIO DE CAMINHÕES

 

 

COMPARTILHAR

CEO e Editor do MaCamp | Campista de alma de nascimento e fomentador da prática e da filosofia. Arquiteto por formação e pesquisador do campismo brasileiro por paixão. Fundador do Portal MaCamp Campismo sonha em ajudar a desenvolver no país a prática de camping nômade e de caravanismo explorando com consciência o incrível POTENCIAL natural e climático brasileiro. “O campismo naturaliza o ser humano e ajuda a integrá-lo com a natureza.”